quinta-feira, 26 de julho de 2012

ISAURA BRUNO


ISAURA BRUNO ficou famosa ao interpretar Mamãe Dolores na novela Direito de Nascer em 1964. Atuou em várias outras novelas, como: A Muralha, A Cabana do Pai Tomás - e também no cinema, como nos filmes: O Quarto da Viúva, O Sexo Mora ao Lado, O Jeca e a Freira, Luar do Sertão, O Vendedor de Linguiças. No teatro esteve ao lado de Ewerton de Castro na peça O Diletante (1969) no Teatro de Arena. Na década de 1970 lançou livro de culinária. Morreu pobre e esquecida em 1977, na cidade de Campinas, SP.

LUIZ JACINTO SILVA (CORONEL LUDUGERO) nasceu em Recife no ano de 1929. Iniciou a carreira artística atuando na Rádio Clube de Pernambuco. Na década de 1960, Jacinto era uma celebridade, um dos humoristas mais conhecidos e respeitados na televisão. Atuou na TV tupi em programas como: A Escolhinha do Professor Raimundo e A E I O Urca. Formou dupla com o humorista Irandir Peres da Costa, o Otropé e juntos gravaram varias músicas de sucesso, entre elas: Quadrilha do Ludugero, Pega ele Siriri, Zé da tuba, Xote fungadinho - entre outras. Jacinto morreu em um acidente aéreo na Baía de Guajará Mirim, em Belém do Pará, no ano de 1970. Quando faleceu Jacinto estava no elenco do humorístico da Rede Globo Alô, Alô, Brasil, Aquele Abraço. Deixou viúva Dagmar, com quem teve quatro filhos: Marcos, Adriana, Ana Paula e Júlio César (o mais famoso Pedrinho do Sitio do Pica Pau Amarelo da Rede Globo).
Há um monumento com as estátuas do Coronel Ludugero e Otropé na Praça Coronel Porto, em Caruaru em homenagem aos artistas da terra. Monumento feito pelo artista caruaruense Armando Lacerda, o mesmo artista plástico que fez a estátua do Padre Cícero.

Fonte - http://www.forroemvinil.com/coronel-ludugero-manda-brasa.

E mais:

Wilson Sampson é um ator de teatro, cinema e televisão. Tem uma carreira exclusivamente paulistana, não tendo atuado em outra capital. Iniciou no teatro na década de 1960 e já atuou em dezenas de peças, com destaque para: O Jardim das Cerejeiras, O Assalto, Morte e Vida Severina e Life and Time of David Clark (peça com elenco brasileiro e americano).
Fez algumas novelas na extinta TV Tupi: Vitória Bonelli, Os Inocentes e O Machão com Antonio Fagundes.
Mas foi no cinema que Wilson encontrou seu habitat natural, trabalhando com os mais diversos cineastas, como nos filmes: Cidade Oculta, O Vale dos Amantes, Eles não Usam Black Tie, O Caçador de Esmeraldas, O Baiano Fantasma e Demência.


Nena Viana nasceu Inajá Viana em Patos, PB, no dia 8 de outubro de 1926. Iniciou no cinema atuando como maquiadora, a preferida de Mazzaropi, em filmes como: Um Caipira em Bariloche, Jeca e a Égua Milagrosa entre outros. Atuou como atriz de alguns filmes do amigo Mazzaropi, com destaque para: Chofer de Praça, Jeca Tatu, Zé do Periquito e No Paraíso das Solteironas. Participou de alguns programas televisivos também. É mãe do palhaço de circo Marquinhos. Afastou da carreira artística no inicio da década de 1980.




7 comentários:

  1. Pode fazer um post sobre Adelaide Palete? É um nome que surgia nos créditos finais em várias produções dos anos 80, como RODA DE FOGO. Obrigado e parabéns pelo site.

    ResponderExcluir
  2. Valente, obrigado pela visita e pelas palavras. Eu não consegui imagens da Adelaide Palete. Ela já está na lista, em breve estarei postando sobre ela.
    Abs

    ResponderExcluir
  3. Tive a honra de Trabalhar com a NENA VIANA em pelo menos 6 filmes nossos com MAZZAROPI , saudades eterna;

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pela visita e pelo comentário, André. Em breve estarei atualizando o blog. Abs

      Excluir
  4. ISAURA BRUNO é a primeira imagem do belíssimo documentário "A Negação do Brasil". (disponível no Youtube) sobre a trajetória dessa e de outros grandes atores negros. Exibido originalmente pelo GNT e Canal Brasil o filme trás outros nomes que com certeza poderão agregar o excelente trabalho de seu blog. No fim de sua vida, pobre e esquecida, a atriz vendia balas na praça da Sé (SP)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelos comentários, só tem a agregar ao blog. Vou assistir documentário citado. Valeu!

      Excluir
  5. olha? eu curto demais o amancio mazzaropp, já comprei varios dvds mais o que eu mais gosto é o filme o jeca e o seu filho preto. é uma comedia bém brasileira mesmo.
    como é bom aqueles tempos de amarrar cachorro com linguiça.

    ResponderExcluir